Moda mineira: saiba mais sobre as marcas mineiras de maior sucesso no setor de vestuário

10 minutos para ler

Minas Gerais sempre foi um dos estados mais lembrados quando o assunto é comercialização e produção de artigos têxteis e, ainda hoje, é um estado em evolução quando o assunto é moda. Marcas consolidadas e novas marcas que vêm surgindo, levam um pouco da moda mineira para o resto do país e do mundo.

Nosso estilo mineiro de ser, nossa criatividade e espontaneidade e, principalmente, nossa simplicidade, de uma forma ou de outra, contribuem para este sucesso. Pode-se dizer que é a mais pura mineiridade, mas, sobretudo, é a capacidade de se fazer bons modelos de negócio.

Nesse artigo, selecionamos empresas mineiras que, começando do zero, foram se consolidando e crescendo nacionalmente. Traremos apenas algumas representantes dentro da vasta lista de marcas de moda mineira e que representam estilos diferentes de moda.

Os números da indústria de vestuário em Minas Gerais

Para que tenhamos noção da dimensão e da importância do estado de Minas Gerais no mercado de moda brasileiro, vejamos alguns números que demonstram nossa relevância.

Segundo o Sindicato das Indústrias do Vestuário de Minas Gerais (Sindivest-MG), em 2019 a estimativa era de que o estado atingisse o percentual de crescimento de 52%. Após anos de resultados não tão positivos, advindos da crise econômica que vinha assolando o Brasil desde 2015, esse número é bastante expressivo e representa um fator decisivo na consolidação do estado como o terceiro maior produtor nacional de têxteis e confeccionados, posição indicada pela pesquisa do Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI).

Ainda, segundo estudo publicado pelo Banco do Nordeste, em 2016 Minas Gerais empregava cerca de 66 mil pessoas na indústria de vestuário, representando 11,34% do total da indústria no país. Nesse mesmo período, o valor de produção do estado foi de cerca de 2,7 bilhões de reais.

Vamos ao que mais gostamos: marcas de moda mineira que são sucesso por aí

Moda casual mineira

Para começar, vamos falar de moda casual, pois é nossa queridinha e onde a Bendizê se posiciona. Desta forma, não poderíamos começar com outra marca que não fosse a sensacional Nephew, uma das principais marcas de street wear brasileira e que é um poço de inovação e criatividade. Bora com a gente!

Nephew

A Nephew Clothing nasceu em 2012 em Belo Horizonte. É uma grife mineira de street wear, com identidade jovem, abordando temas como música, política e tudo o que vivemos em nosso cotidiano.

A marca consegue conversar, como poucos, com o público jovem, ao fazer moda com uma identidade questionadora, rebelde e irônica. Fundador da marca, o DJ Victor Sobrinho decidiu criá-la quando, após uma experiência fora do país, percebeu que não havia no Brasil marcas que comercializassem um estilo de produto que ele gostaria de consumir.

Sempre com referências do hip hop e cultura urbana, a marca tem uma produção versátil e já se aventurou, com doses de ousadia, até mesmo em alfaiataria, apostando em padronagens clássicas, tais como: listras, risca de giz e xadrez. A nova experiência resultou em uma coleção mais elegante, ainda que com peças casuais: com blazer, sobretudo, jaqueta, camisa, bermuda e calça cropped.

Atualmente, a marca tem 5 lojas distribuídas entre os estados de MG e SP.

Serafine

Embora bastante jovem, a Serafine vem conquistando sua fatia no mercado de moda casual masculina e já conta com diversas lojas pelo Brasil. A marca veste o homem literalmente dos pés à cabeça.

Trabalham com o que há de mais moderno, tecnológico e sustentável. Os detalhes fazem total diferença. Criada em junho de 2015, Serafine é, talvez, a empresa que mais cresce no segmento de varejo de moda masculina em Minas Gerais e uma das maiores do Brasil em número de franquias. São mais de 40, além das mais de 100 multimarcas.

Chico Rei

Você conhece a Chico Rei, né? Mas sabia que é uma marca de Juiz de Fora? Pois é, sô, é mineira!

A marca produz camisetas com estampas divertidas da cultura pop que remetem a filmes, séries de TV, moda, música, livros, rock e brasilidade. Tem o objetivo de oferecer oportunidades para pessoas interessantes se expressarem — a arte criando uma conexão, iniciando diálogos e inspirando o ciclo de criatividade.

A história começou para valer em 2008, quando seus fundadores ainda estavam na faculdade. Após 11 anos, contam com uma marca forte no cenário nacional, com mais de 1 milhão de produtos criados, com clientes em mais de 3.700 cidades no Brasil e mais 30 mundo afora.

Recentemete, fizeram uma coleção inteira junto com Milton Nascimento, nosso Bituca, criando peças que remetem à carreira do músico. Essa coleção foi batizada como Courage, nome de icônico disco do Milton.

Olha só que legal: Hoje, entre 5% e 10% do valor arrecadado com todas as peças vendidas pela Chico Rei são revertidos para algum projeto ou grupo de apoio social.

Um pouco de conceito e sofisticação

Ronaldo Fraga

Quem não conhece Ronaldo Fraga, não está nem um pouco por dentro do mundo da moda. Estilista renomado, todas as criações de Ronaldo Fraga são cheias de poesia, carregadas de um jeito alegre que nos mergulha em memórias, folclore, ao mesmo tempo nos emociona e nos proporciona momentos de humor. Seu gosto por histórias e pela literatura brasileira é uma característica forte de sua personalidade, que ele imprime em sua marca.

A marca Ronaldo Fraga existe desde 1997, comercializada em duas lojas próprias (Belo Horizonte e São Paulo), tem 30 pontos de venda no país e já conta com a sua segunda linha, Ronaldo Fraga para Filhotes, voltada para o público infantil. 

Em 2016, Ronaldo inaugurou o estabelecimento Grande Hotel Ronaldo Fraga, que nada mais é que um espaço de bom gosto, abrigando democraticamente, moda e cultura. Ainda nos possibilita tomar um belo cafezinho mineiro em um casarão super agradável construído nos anos 1920. Vale a visita!

Patricia Bonaldi

A marca se destaca com seus vestidos de festa cheios de bordados e rendas. Patricia Bonaldi foi fundada em 2012, é uma marca cosmopolita e moderna, que consegue transitar em diversas ocasiões, como o casual e moda praia, sem perder sua essência e originalidade.

Com peças sofisticadas e exuberantes, sua marca registrada são vestidos ousados, modernos e fashionistas. Tamanho foi o sucesso que hoje vende seus vestidos pelo mundo afora (Estados Unidos, Europa, Rússia e Oriente médio) em lojas de luxo, como a Harrods, na Inglaterra. 

Além da marca de vestidos de festas, o grupo também é dono da PatBo, ecommerce que abrange o mercado mais casual. Cheio de coisa bonita!

Fabiana Milazzo

Leva a leveza do casual para a festa e a riqueza da festa para o casual. Sofisticação, feminilidade e originalidade são características marcantes e se tornaram o DNA da marca.

A estilista é conhecida por vestir famosas com peças trabalhadas em bordados riquíssimos. Aliando a rebeldia ao perfil romântico, resulta em peças delicadas, com pérolas, rendas e bordados. Pense em acabamentos desfiados, xadrez e looks desconstruídos. Pensou? Sim, essas lindezas são produzidas pela Fabiana Milazzo.

Ela também já conquistou o mercado internacional com peças artesanais repletas de bordados e rendas. São duas coleções desenvolvidas por ano e, em cada uma, a estilista cria 130 peças.

A marca iniciou suas atividades em 2000 e hoje mantém 2 lojas próprias: uma em Uberlândia, aqui nas Minas Gerais, cidade na qual também está localizada sua fábrica, e outra em São Paulo.

Já que estamos falando de moda feminina

Luiza Barcelos

Única da lista com produção de calçados, a marca Luiza Barcelos aposta na feminilidade e na riqueza dos detalhes de seus sapatos. Sempre se preocupando com a qualidade e a antecipação de tendências, cerca de mil produtos diferentes são lançados a cada temporada — levando em consideração as muitas variações de materiais e de cores.

Fundada em 1987, a grife faz parte da história da moda mineira e brasileira. Os sapatos bordados também são best-sellers, até porque a Luiza Barcelos foi a primeira marca a bordar sapatos, tanto a mão quanto a máquina. Hoje, conta com cerca de 800 pontos de venda em todo o Brasil, incluindo suas lojas-conceitos.

Fato interessante: a marca explora com maestria conceitos de marketing para personificação de marca. Um exemplo disso é que a foto de perfil do Instagram oficial da marca, é uma foto da CEO e homônima: Luiza Barcelos. Chique, né?

Iorane

A Iorane apresenta uma identidade traduzida em peças com design e tecidos diferenciados. Renda, tricoline e tricô são grandes apostas da marca, assim como o jeans, que sempre é um hit em todas temporadas. Conta com cinco lojas próprias nas cidades de Belo Horizonte, São Paulo e Miami, além de dois showrooms.

Através do e-commerce, atende todo o mercado nacional e, a partir de dezembro de 2015, passou a comercializar também para outros países, inaugurando seu shipping internacional. No atacado, a Iorane está representada em mais de 800 multimarcas em todo o Brasil. 

Skazi

Concorrente direta da Iorane e queiridinha das blogueiras, a marca produz moda feminina com pegada sofisticada, contemporânea e vanguardista. Romantismo, delicadeza e contemporaneidade inspiram cada coleção da Skazi, com criações diferenciadas, descontraídas e combinações de materiais refinados e acabamentos elegantes.

Fundada em 1993 por Ana Paola Murta e Vander Martins, hoje são mais de 500 pontos de venda e 25 anos de uma história alicerçada pela competência e bom gosto. A marca se firma a cada estação como criadora de tendências com estampas, shapes e materiais a serem profundamente explorados pela mulher brasileira.

Apoá

Criada em 2009 pelas estilistas Anna Caroline e Poliana, a marca mineira de estilo casual, Apoá, vem se destacando através de suas modelagens e estampas exclusivas, femininas e cheias de estilo. Seu posicionamento é dedicado a mulheres jovens e contemporâneas.

Com o crescimento da marca e a procura cada vez maior das clientes, a Apoá, em 2012, “abriu as portas” do showroom para o mercado atacadista e a partir daí foi só “morro acima”. De lá pra cá, apresentou números de crescimento de se encher os olhos. Presente em vários estados brasileiros, se fortalece em cada estação.

minas gerais arreda uai sôPowered by Rock Convert

É isso aí, meu povo, a moda mineira continua em ascensão e gerando muitos empregos. Nossos estilistas estão se destacando pelo mundo, criando suas próprias marcas e apresentando ideias inovadoras.

O resultado, então, não poderia ser outro: criatividade e nosso jeito mineiro de ser são sinônimos de sucesso. Sabendo conectá-los com boas práticas de gestão de negócios, dá nisso: marcas mineiras se destacando no mercado de moda.

Faltou alguma? Segue nossas redes sociais e conta pra gente.

Posts relacionados

Deixe um comentário